NUCLEOS – Instituto de Seguridade Social

NUCLEOS – Instituto de Seguridade Social

MENU

Home > Noticias

Resultado dos investimentos do Nucleos no 1º trimestre de 2021

O primeiro trimestre do ano foi particularmente difícil para o Brasil devido ao agravamento da pandemia e, particularmente, alguns estados e municípios intensificaram o isolamento social para diminuir a carga no sistema de saúde. Somaram-se a esse quadro sanitário complicado as preocupações com a situação fiscal e com a inflação, que fechou o ano de 2020 acima da meta estabelecida pelo governo levando, inclusive, o Banco Central, em março, a elevar a taxa básica de juros em 0,75%, encerrando o ciclo de queda iniciado há mais de cinco anos.

Este último ponto afetou significativamente os investimentos em renda fixa, dado o volume de aplicação do Nucleos em Notas do Tesouro Nacional série B de longo prazo, que sofrem com a elevação da curva de juros. O segmento de renda variável encerrou o trimestre com desempenho negativo, a despeito de o mês de março ter apresentado considerável recuperação. A resultante foi o fechamento do trimestre com desvalorização dos ativos financeiros. É importante salientar o efeito prejudicial das altas taxas de inflação do primeiro trimestre de 2021 sobre os resultados, lembrando que a meta atuarial é definida pela inflação medida pelo INPC acrescida de uma taxa real de juros.

De janeiro a março a carteira de investimentos registrou desempenho negativo de 1,53%, em que pese o mês de março ter fechado com desempenho positivo de 1,21%. Neste contexto, o Instituto apresentou um déficit acumulado de R$ 234,17 milhões, equivalente a 5,44% das Reservas Matemáticas.

A economia brasileira, assim como as economias ao redor do mundo, ainda sente os efeitos da pandemia e os mercados continuam vivendo ambiente de forte volatilidade. De certo que o resultado apresentado não está em linha com as expectativas do Nucleos. Porém, o Instituto mantém forte confiança na recuperação, dada a solidez dos seus investimentos.

Ressaltamos que a composição da carteira de investimentos garante plena liquidez, sem qualquer tipo de risco ao fluxo normal de pagamento dos benefícios.

O participante poderá acompanhar os gráficos e tabelas relativas aos principais dados do fechamento do período clicando em cada um dos assuntos abaixo:

O Nucleos realiza mensalmente uma pesquisa de satisfação para avaliar o seu atendimento junto aos participantes. Ao fim é possível analisar os canais de comunicação mais utilizados, os assuntos mais mencionados e o nível de satisfação dos participantes com o atendimento do Instituto. Confira o relatório dessas pesquisas referente ao 1º trimestre de 2021.

Compartilhe: